viernes, 6 de febrero de 2009

Rascunho da Bíblia…

Será verdade? Existe o tal documento??? – Segundo as notas da imprensa mundial no dia de hoje, foi encontrado, norte do Chipre, um manuscrito escrito em siríaco, dialeto da língua nativa de Jesus Cristo. Segundo informações preliminares da polícia turco-cipriota, o documento poderia ter em torno de 2 mil anos. Os peritos têm dúvidas se a relíquia é verdadeira, o que a tornaria valiosa, ou se é falsa.

O siríaco é um dialeto do aramaico, a língua nativa de Jesus, outrora falado em boa parte do Oriente Médio e da Ásia Central. Ele é usado por cristãos sírios e continua em uso na Igreja Ortodoxa Síria de Chipre, enquanto o aramaico ainda é utilizado em rituais religiosos de cristão maronitas no Chipre.

"Eu suspeito que tenha cerca de mil anos", disse o pesquisador Peter Williams, diretor da Tyndale House, na Universidade de Cambridge, na Inglaterra.
No entanto, após análises de fotos, JF Coakley, especialista em manuscritos da Universidade de Cambridge e membro do Wolfson College, insinuou que o livro pode ter sido escrito bem mais tarde. "O texto parece estar em linguagem siríaca oriental, com pontos nas vogais, e não se encontram manuscritos assim antes do século 15, aproximadamente", avaliou."Baseado em uma única foto, algumas palavras pelo menos parecem estar em siríaco moderno, uma língua que não foi posta no papel até a metade do século 19", concluiu.

É, pode não ser o dito rascunho, e pode até ser falso... Aqui em Madrid, em qualquer caso, o debate religioso está centrado na luta publicitária em cartazes nos ônibus, por parte da associaçao dos ateus, que afirmam não existir provas da existência divina, e assim sendo, para o povo relaxar... e em resposta, os católicos praticantes que exclamam a existência e dizem ser a única salvação.

1 comentario:

  1. Rachid Fatuch Neto AZ20 de febrero de 2009, 12:09

    "Não estou preocupado,com doutrinas,religiões,história ou ciência,à mim
    sómente interessa que vcs parem de serem hipócritas,e procurem realmente
    terem experiências com o "Espírito Santo de Deus" e este só se manifesta
    pelo poder maravilhoso do sangue de Jesus,pago por ele na cruz do calvário,
    para nos dar acesso,aos
    Milagres,curas,libertações,tudo como foi em Pentecostes.

    Quem não experimentar ou sentir este Jesus vivo,será um mero
    religioso,guiado por tradições vazias,doutrinas sem efeito,mais uma ovelha
    sem pastor. Aquela velha historia,meu pai era,eu tbém sou.

    "Deus falando“



    Parabéns Beto,que bom q vc tem tempo prá produzir um blog,um dia chego lá
    tbém!!!rsrsrsrs


    RACHID FATUCH NETO AZ

    ResponderEliminar